Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma & Life Coach | Orador | Escritor | Hipnoterapeuta | Sexualidade Sagrada

19 de dezembro de 2014

Só o momento é real - tudo o resto existe na tua existência em simultâneo!


Enquanto não estiveres presente em ti mesmo, na sua totalidade, continuarás a acreditar que algo diferente de ti pode ocupar o espaço que 'falta'!

Desde sempre que procurámos explicação e justificação para uma ordem lógica na nossa existência tendo por base os deuses, o mundo 'além', forças maiores, um Deus determinado, uma consciência maior ou através de supostas comunicações com santos ou entidades que já não existem neste plano!

Descobrimos muita coisa, inventámos até a possibilidade de visitar uma realidade fora da terra... desenvolvemos maquinarias e tecnologia informática que quase substitui o homem... criámos os meios de transporte... criámos um estilo de vida apoiados na ideia da evolução e da tentativa de prolongar a nossa existência aqui na terra... começamos a falar em quântica... terapias alternativas ganham o seu lugar na nossa vida... mas mesmo assim existe algo que permanece inalterável, que pode comprometer tudo o que possamos concretizar - ainda acreditamos em forças maiores... ainda atribuímos o milagre da existência e da lógica da nossa manifestação aqui, a anjos, a guias espirituais, a um 'Jesus' que fala de lá para cá... a santos que realizam os milagres que acreditamos....

Um dia percebi que estava 'sozinho'!
Percebi que estava por minha conta e risco. Aquele Deus que eu acreditava, a quem pedia todas as noites alguma coisa ou agradecia, afinal sempre tinha estado muito próximo - e eu só o descobri quando percebi que estava 'sozinho'! Quando deixei de responsabilizar algo exterior a mim sobre a minha realização e bem estar interior, percebi que afinal aquilo que eu procurava fora, sempre esteve ali - disponível, inteiro para me orientar e ajudar!

Mas algo me fazia confusão - como tudo isto se organizava? De onde vinham sensações e experiências que havia tido quando criança, onde via, sentia e algo se manifestava fisicamente? 

Após a prática da meditação diária, tudo começa a fazer sentido e entendemos que afinal tudo nasce e morre dentro de nós. Esta realidade pertence apenas ao momento que já não existe! Tudo o resto, sim pode ser real, mas existe nas profundezas do nosso subconsciente e na nossa própria existência em simultâneo (realidades paralelas).

Perdoem-me os mais frágeis, mas a verdade que me assiste não me permite ficar em silêncio neste campo - como poderiam os guias espirituais, Deus ou seja lá o que for que lhe quiseres chamar, estarem 'preocupados' ou orientarem algo que naturalmente é perfeito e divino, como a nossa existência?

Quando ouvires uma voz dentro de ti - em vez de pensares que é um anjo, ou um guia - assume que é o teu Eu Superior - e nesse momento perceberás o anjo, o guia que habita em ti e que tu és!

Quando ouvires uma instrução, um pedido que estabeleça ligação com o mundo da forma e da matéria - lembra-te sempre que no mundo do espírito, no mundo da consciência mais pura, não existe sequer espaço para a criação de determinadas ordens ou acções do género - isso é o teu ego a falar-te!

Não percas mais tempo - ocupa o teu verdadeiro lugar - ocupa-te por inteiro e assume de uma vez o teu papel... e garanto-te que conhecerás aqui e agora o REINO DE DEUS que habita e sempre habitou na tua existência e para sempre habitará! Mais ainda - não habita - é contigo... inseparável de ti!

Ah, já agora - esquece as práticas, as aulinhas, as terapias - o mundo precisa de 'anjos' verdadeiros e não de aprendizes de anjos ;-)

Queres saber mais sobre esta temática?
Organiza um grupo na tua casa ou onde sentires e eu vou ter contigo, e partilharei o que me faz sentir em paz e em descanso nesta verdade!

Abraço-te em paz e amor

JC

Sem comentários:

Enviar um comentário