Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma & Life Coach | Orador | Escritor | Hipnoterapeuta | Sexualidade Sagrada

12 de dezembro de 2014

O que nos move? O que nos motiva? O que nos entusiasma?



O que nos move? O que nos faz acreditar no próximo passo ... no próximo momento?
O que nos motiva, alegra e tira do marasmo?
O que nos faz sentir vivos e parte da própria existência?
O que nos transporta para a sensação de presença infinita, apesar de estarmos e sermos apenas num único momento?
O que nos faz sorrir? 
O que nos faz levantar os braços para abraçar alguém? 
O que nos faz vibrar vida sem qualquer tipo de limites ou regras?
O que nos faz 'sair' dos padrões e experimentar o 'proibido' ou o 'menos normal'?
O que nos faz correr pela manhã, sentir a brisa fresca no rosto e abraçar o dia?
O que nos faz sentir inteiros, verdadeiros e realmente felizes?
O que nos leva à verdadeira essência da felicidade - ser feliz por nada?
O que nos move quando saímos de casa para ajudar o próximo?
O que nos faz sentir em paz, quando descansamos na lembrança de quem somos?

Agora...
O que nos motiva ir para o emprego todas as manhãs?
O que nos motiva continuar a depender de um ordenado, de uma situação cíclica?
O que nos entusiasma, quando entregamos os nossos filhos nas escolas, sabendo como está o sistema educativo?
O que nos motiva e mantêm ligados à ideia de que existe um poder (governo) acima de nós que nos comanda e direcciona?
O que nos move, para acreditarmos que devemos seguir o padrão normal e que tantos já 'comprovaram' como certo ou correcto?
O que nos motiva, quando continuamos a apoiar uma sociedade que se baseia no medo e na incapacidade em assumir total responsabilidade sobre si mesma?
O que nos move, quando temos tão pouco, mas preferimos gastar e ficar na miséria, porque o que é caro é que é bom?
O que nos motiva para continuarmos a fechar os olhos à possibilidade de sermos nós próprios?

Meus irmãos, meus amigos, almas lindas e companheiras:
- O que vos move?
- O que vos motiva?
- O que vos entusiasma?
- O que vos faz sentir vivos e inteiros?
- O que vos faz sentir a presença da lembrança de quem realmente são?
Seja o que for que vos mova, está certo - pois só assim poderia ser!
Seja qual for a razão pela qual isso acontece, está certo - pois só assim poderia ser! 
Mas atenção - apenas dizemos que está certo porque nada podemos fazer para alterar o tempo passado - vamos ser inteligentes e usar o mecanismo 'existência' a nosso favor!

A questão crucial é - ÉS FELIZ?
Se fores feliz - fantástico! 
Se te sentires 'meio feliz' - atenção que a vida não acontece por metada, ou é... ou é - por isso é preferível teres certezas. 
Se te sentires perdido, deprimido, ou triste com a vida - dá um pontapé nos hábitos antigos e aprende a construir hábitos diferentes - mas faz por ti!

Quanto tempo mais vais continuar a fazer mais do mesmo?
Quanto tempo mais vais continuar à espera que algo superior a ti resolva a tua vida por ti?
Quanto tempo mais vais ter que viver situações que te lembrem as tuas escolhas e a tua realidade, para perceberes onde estás e o que és?

Até já
JC

Sem comentários:

Enviar um comentário