Treinador do Corpo e da Alma | Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma | Life Coach | Escritor

2 de março de 2018

Em ti, que personagem és?


Em ti, que personagem preferes para te fazer companhia?
Em ti, que personagem odeias, rejeitas ou desaprovas?
Em ti, que personagem és verdadeiramente?

Já alguma vez colocaste como hipótese, que tudo o que acreditas até agora, pode estar errado?! Já alguma vez colocaste como hipótese, de 'desdizer' o que antes afirmaste como certo ou 'desfazer' o que antes fizeste como correcto?! Já alguma vez viveste a experiência de quase loucura, em que pareces perder a noção da identidade, experimentando um gostinho a omnipresença?

O que me ajudou a manter lúcido, foi ter conseguido albergar nesta personagem multifacetada, a possibilidade de que tudo o que digo, faço e sou, apenas serve para o momento, pois no momento seguinte pode estar completamente errado.

Cruzo-me com muitas existências humanas, que me procuram para ajuda e orientação, e no fim percebo que afinal, o próprio acto de procurar ajuda, é criado por mais uma personagem, que por estar 'separada' das restantes, parece manobrar o ego ferido e vitímizado.

São muitas as existências, perante momentos de entrega e profundo amor, que confundem e criam novamente outro esconderijo interno. Pergunto-me até quando conseguirão aguentar tal manobra...? Até quando conseguirão viver na visão limitada dos véus e crenças limitadoras?

E concluindo, sei que tudo isto sou eu também, nas milhentas possibilidades que o meu ego criou para se desmontar e reconstruir. Mas a grande diferença é que ao 'dançar' nestas águas incertas, nunca perco a conexão à fonte... à lembrança do que sou, e à certeza de que não sei, nem nunca saberei quem sou!

Não sou aquele que vê, sente ou julga.
Não sou aquele que age, cria ou destrói.
Não sou aquele que ama, odeia ou se zanga.
Sou algo sem nome, muito antes de todas as máscaras e personagens possíveis.

Joaquim Caeiro
jcaeiro@live.com.pt

1 de março de 2018

Só precisamos ser o melhor de nós... simples assim...

Olá 😊

Numa realidade onde a informação é livre e gratuita, são cada vez mais os indivíduos que, devido à sua inteligência versus necessidade de viver no papel de vítima (porque é mais confortável e não acarreta responsabilidades), se entregam a caminhos abstractos e cada vez mais confusos...

Todos nós de alguma forma passamos essa fase e experienciamos a possibilidade de escolher o caminho mais fácil ou o caminho da verdade, que para o nosso ego, pode representar o caminho mais complicado.

Sendo objectivo - após todos estes anos (11 anos) de atendimentos e procedimentos terapêuticos, na tentativa de salvar o individuo das suas próprias garras internas e obscuras, geridas e manobradas pelo subconsciente ferido e magoado, comprovei o que desde sempre acreditei e contribuiu para o meu estado de paz e felicidade plena com a vida e com o mundo - só precisamos ser o melhor de nós, e pronto está feito!!

A corrida desenfreada a sessões de hipnose, procedimentos terapêuticos específicos e novas ondas terapêuticas da moda, que nada mais são do que psicoterapia romantizada e adaptada à tendência actual ou 'psicanálises new age', revelam que a maturidade da consciência humana ainda está algures perdida  no oceano da ilusão. 

Eu pensei assim:
'Bem Quim, se só existe um momento, que se chama agora, se o futuro é criação a partir deste agora... se o passado é apenas um registo, então para seres livre e feliz, só tens de investir em ser o melhor de ti em cada agora e construirás um futuro brilhante ou pelo menos mais próximo do que pretendes!'

Depois questionava sobre o meu procedimento para com o próximo:
'Mas como fazer com as pessoas que não enxergam o que tu estás ver e a perceber? Dar-lhe o que elas pretendem ouvir e sentir, devido às suas crenças, ou entrar a 'matar' e desmontar todo o mecanismo limitador?'

Após várias acções e experiências, percebi que afinal a maior parte do ser humano não quer ser livre ainda!! Prefere permanecer na zona de conforto, porque só nisso acredita e só isso consegue ver!!

Com tudo isto quero apenas dizer-te que, tudo é uma questão de matemática e entendimento - 1 + 1 =2 - nem mais nem menos. Para uns pode existir outro resultado diferente, e está certo, mas no que toca à forma como a estrutura humana se faz acontecer, englobando todos os campos que a compõem (campo emocional, mental, espiritual, energético...), somos semelhantes e a própria essência existencial gere-se da mesma forma e baseia-se no mesmo fio condutor para todos!

Portanto, deixa-te de tretas e faz o que tem de ser feito!
Arregaça as mangas e assume de uma vez total responsabilidade sobre a tua vida, tornando-a uma experiência feliz e uma aventura consciente!

Lembra-te que o amanhã não existe, e que, hoje já é tarde demais!!!

Posso ajudar-te a criar um plano de acção. Posso ajudar-te a pensar.

DOU CONSULTAS EM: 
» Carcavelos
» Lisboa
» Cascais
» Portimão
» Évora
» Porto
» Ourém

Escreve-me a contar a tua problemática!
Juntos arranjaremos uma forma de dar o passo que tem de ser dado!

Gratidão 💗

Joaquim Caeiro
Life Coach, Psicoterapeuta da Alma, Terapeuta Tântrico