Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma & Life Coach | Orador | Escritor | Hipnoterapeuta | Sexualidade Sagrada

9 de dezembro de 2016

Meditação é fusão


Esta manhã, ao acordar, decidi aplicar a meditação como se tivesse começado ontem. Como a fase inicial, em que tinha preguiça de sair da cama e criar âncoras com o compromisso...

Sentei-me, posicionei-me, sorri e pensei - 'farás apenas 10 minutos sem despertador!'
Sabem o que é sentir uma espécie de dança e alegria, por retornar a uma postura que lembrou o meu eu da sua essência inicial? Ou seja, ao adoptar uma postura como 'inicial', programei para sentir como tal e isso permitiu à totalidade da minha existência sair do controlo, ao ponto de me largar no meio do 'remoinho' ou 'olho do furacão existencial'...

Está lá - está sempre lá, a memória do que fomos e da caminhada que fizemos até aqui.
Faço isto de vez em quando, como um exercício para lembrar o meu ego de que nada é, e que tudo vibra. Um exercício que me dá prazer ao nível físico - como se nas minhas veias corresse vida, amor, consciência (e corre mesmo :-) ), ... como se as minhas células ficassem com um intervalo para brincar entre elas...

Só a meditação nos permite esta viagem ao interior.
Só a meditação nos permite ascender à consciência da fusão perfeita e harmoniosa que podemos ter com tudo o que nos envolve e faz parte da nossa vida.
Só a meditação, nos permite criar condições para continuar - pois através da mesma, lembramos o mais importante de tudo isto:

Somos a fonte, o primordial. Somos a infinita possibilidade de todas as possibilidades. Somos amor, vida, pulsar. Somos a dança, o passo de transferência... o entretanto... 
Somos os meandros até da consciência.

Não somos a nossa história - isso é memória, registo, armazenamento.
Não somos os nossos sonhos - isso é projecção, futurismo, possibilidade.
Não somos esta identidade que assume um nome, uma profissão, um estado.

Somos apenas o momento fluído corrente... a luz transitória que abraça da mesma forma todos os corações e realidades. Somos a fonte de todas as possibilidades e criações. Somos o bater do coração do próprio universo.

A meditação é na verdade uma possibilidade de fusão com a existência e uma porta que se abre à possibilidade de SERMOS e VIVERMOS!

Abraça e assume a meditação na tua vida, como o teu pequeno almoço ou as horas de descanso e serás livre!

Amor e Paz

Sem comentários:

Enviar um comentário