Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma & Life Coach | Orador | Escritor | Hipnoterapeuta | Sexualidade Sagrada

2 de dezembro de 2016

O processo criativo dos teus desejos


O processo criativo dos teus desejos passa por vários estágios, que estão interligados e oriundos directamente da grande matrix existencial mais pura, associada à tua existência única e original.

Parece que disse uma grande coisa, mas possivelmente na tua mente deverá estar a acontecer - não percebi 'patavina'! :-)

Simplificando e tornando tudo isto mais claro:

O processo que envolve a criação de condições para materializares tudo o que desejas, aparentemente complexo, revela-se muito simples e básico, depois de aceitares que tudo começa e termina em ti - és tu que vês, és tu que sentes, és tu que vibras, és tu que expressas e manifestas o que acreditas - tudo acontece dentro de ti! Nada é fora.
A ideia de as coisas acontecem 'fora' de ti, é apenas parte do mecanismo existencial, para que possas viver esta realidade da forma, de uma forma equilibrada e coerente.

Em primeiro lugar, após compreenderes essa verdade, e aceitares que tudo o que existe na tua vida foi criado por ti, deverás tornar claro o que realmente pretendes para ti e focar-te nisso! Este é um passo decisivo, na criação do ideal.

Antes de passares à fase de tornares claro na tua mente e coração o que desejas, talvez seja melhor verificares se compreendes realmente a forma como atraíste o que tens na tua vida neste momento. 
Para isso, proponho-te um exercício simples - após leres o que vem a seguir, pára, fecha os olhos e espreita a tua consciência: 'Quantas vezes pensaste naquilo que existe na tua vida, com medo e receio que viesse a acontecer? Quantas vezes ocupaste a tua existência, ao longo do dia com a preocupação de algo, que agora é real na tua vida? Que tempo dedicaste à visualização dos teus sonhos, e que tempo dedicaste espontaneamente à criação de cenários menos positivos?'
Irás reparar que, o que atrai não é necessariamente definições e teorias, mas sim o que sentes e pensas realmente acerca disso. Por exemplo - quantas vezes te aconteceu protegeres-te para não teres uma gripe e essa gripe surgiu repentinamente? - a vibração que emanaste ao proteger-te, que foi 'tenho medo de ficar doente', foi traduzida para o universo dessa forma, e não como 'protecção', tornando-se real assim.

Portanto, primeiro deverás aceitar e assumir que tudo começa e termina em ti.
Segundo, deverás definir com clareza o que pretendes - já sabes o que desejas realmente?

Neste ponto, é importante que emanes uma vibração de realidade, algo que esteja alinhado com uma possibilidade mais possível de ser realizável, para que inicialmente possas perceber, confiar e viver o processo criador.
Além disso, é necessário sentires paz e tranquilidade em relação ao que desejas - deverás sentir que mereces isso, e mais ainda, que independentemente de o alcançares ou não, já és feliz, demonstrando e criando a vibração de não dependência disso para seres feliz e inteiro.

Como podes tornar claro o que desejas?
Seja em palavras - descrevendo o que realmente desejas, com detalhes. Seja em imagens que ilustre isso, seja em contacto directo - por exemplo fazer um test driving de um carro que mais gostas...

Nos finais de 2011, criei o meu quadro de sonhos, e em Março do ano seguinte, estava no local que de uma forma ligeiramente diferente, estava ilustrado nesse quadro - o Monte da Fonte. O mais belo de tudo é que, até o detalhe da estatueta teve lugar, como selo representativo da cocnretização do meu desejo, que na realidade é representado por uma oliveira de braços abertos, na mesma configuração! 
Mas esta foi apenas uma das minhas grandes realizações, existem centenas de outras que já vivi e continuo a viver, que me tornam a vida e cada momento mágicos e verdadeiramente inteira, em paz e em presença.

Depois de definires com clareza o que realmente pretendes, deverás entregar... ou preparar-te para receberÉ aqui que entra a tua maturidade consciencial.
Quando digo 'entregar', quero dizer, deixar de pensar nisso e confiar ao poder criador.

Seja o que for que desejes para a tua vida, já está a ser criado o caminho que te fará chegar isso a ti e viver isso. Não cabe a ti saber como isso vai se concretizado, deverás confiar, acreditar e libertar a intenção do desejo e começar a vibrar o 'está feito', ou seja, viver como se isso já fosse real!

Na fase inicial, eu percebia ao nível mental, mas não conseguia colocar em prática... ou tornar real. Isso devia-se ao facto de, eu ter mais informação contrária, ao que estava a criar no momento quando começava a querer participar neste processo criador.
Vivências, memórias, registos traduzidos em anos, que bem visto, eram também meses, dias, horas, minutos e segundos, que na sua soma completavam a minha existência e que se tornavam como mais provável de ser concretizado, contra uma recem consciência que estava a começar a ganhar lugar.

Devemos dar tempo para que o processo criador se revele. E, felizmente, ainda bem que assim é, pois seria um caos autêntico se tudo se materializasse imediatamente após a vibração/pensamento criado.

O que me ajudou a entrar em todo o processo criador, foi a prática diária da meditação.
10 minutos ao acordar e 10 minutos ao deitar, de observação plena... olhar apenas para dentro e apreciar a vida inteligente em mim, foram suficientes para criar o alicerce que este templo precisava, para se convencer de outra realidade possível.

Desde Maio de 2007, e hoje, numa altura em que estou a entrar numa outra fase de criação na minha experiência existencial, danço livremente em todo o mecanismo criador, consciente de todos os detalhes, estímulos, referências, comportamentos, acções que fazem parte do processo criador global, e digo-vos, é real e maravilhoso.

Seja como for, como primeiríssimo passo, começa por desenvolver o hábito de agradecer pelo que tens e pelo que a tua vida é neste momento - só assim criarás alicerce para que todos os seguintes passos deste processo criador, aconteçam ao encontro do que pretendes.

O que pode acontecer se não fizeres parte do processo criativo, ou não tiveres consciência na forma como funciona? O que sempre aconteceu até aqui - continuarás a atrair o que vibras, na possibilidade  de entrares (como acontece com a maioria do ser humano) numa acção mecanizada, gerida por referências associadas a memórias, que te farão andar sempre fora do 'agora' e a atrair o que receias e te preocupa.

Portanto, é hora de assumires o comando!

Queres saber mais sobre este processo? Queres saber mais sobre a lei da atracção?
Podemos organizar uma palestra/encontro, onde te poderei ajudar a perceber melhor.

Até já

Amor e paz

jcaeiro@live.com.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário